sexta-feira, 30 de julho de 2010

Prefeito de Iguaba na corda bamba

Foto do site Bigpop, Oscar à direita na campanha com Nilson Amorim ao meio.  

   Segundo informações do integrante do PSDB de Iguaba Grande, Nilson Amorim, o prefeito Oscar Magalhães foi com a polícia federal à Niteroi para fazer um teste grafológico de sua assinatura.

   Como dissemos em primeira mão aqui no blog, Oscar Magalhães teria assinado uma carta pedindo a desfiliação do seu partido, o PSDB. Mas depois, ao saber que o mandato é do partido e que sua desfiliação o tiraria do cargo, resolveu dizer que não lembrava ter assinado a carta de desfiliação.

   Porém, sua assinatura foi reconhecida em cartório e o imbróglio, criado pelo próprio prefeito, ainda pode lhe tirar do cargo. A novela continua. Não percam os próximos capítulos...

10 comentários:

João disse...

Prezado Ricardo Cox, meus sinceros parabéns pela matéria livre e descomprometida dos interesses políticos locais aqui de Iguaba Grande, coisa rara por aqui hoje em dia, (onde recentemente tivemos o epísódio vergonhoso da "compra" de um famoso site de oposição por parte do governo municipal... que agora funciona como um "chapa branca" de divulgação política do governo...). Pois bem, sugiro ao nobre jornalista que investigue também os seguintes fatos curiosos: o contrato de consultoria da reforma administrativa realizado junto à empresa FEMPTEC do Rio de Janeiro com a criação de três novas Secretarias Municipais e o consequente atual "silêncio" da Câmara Municipal de Iguaba após este fato... Câmara esta que era de oposição explícita ao governo, pois já haviam intimado ao Prefeito, por duas vezes, para que comparecesse à casa legislativa a fim de prestar vários esclarecimentos(fato amplamentente noticiado à epoca) ao qual o mesmo não compareceu, recusou-se a tal, desrespeitando assim a "Lei Orgânica" do município e cometendo com isso "Crime de Responsabilidade" previsto na Constituição Federal. A fim de se aplacar o escândalo e de se manter a governabilidade, o assessor do prefeito, Sr. Mauro, teria negociado o apoio de quatro vereadores (investigue os nomes,por favor) em troca da partilha política de indicações de cargos e funções nas "novas secretarias" criadas, além de "benesses" na concessão pública da empresa a ser indicada para a coleta de lixo da cidade, "indicação" de empreiteiras para a realização de obras públicas e na compra de materiais hospitalares, caracterizando claro "tráfico de influências" e "abuso do poder político" a fim de se manter, desesperadamente, uma "base governista de interesses pessoais"). Investigue também que estranhamente o município não dispõe até hoje de uma "Lei de Zoneamento Urbano", conforme é previsto no Código Municipal de Obras... e a quem interessa tal despaupério? Quem tem ganho com o loteamento irregular e desordenado da cidade há anos? Cidade que possui um dos IPTU mais caros da Região dos Lagos e uma das piores infra estruturas? Dê uma olhada no "Portal da Transparência de Recursos Públicos do Governo Federal" e tire as suas próprias conclusões... Investigue também o contrato de aluguel da transferência da nova sede administrativa da prefeitura municipal, creio que o Ministério Público vai achar também muito interessante todos estes tópicos aqui mencionados...E tem muito mais, aguarde os próximos episódios...

João disse...

Mais um pouco...
Consulte no TRE/MPE


PROCESSO: INQ Nº 986 - Inquérito UF: RJ
TRE
Nº ÚNICO: 986.2008.619.0181
MUNICÍPIO: IGUABA GRANDE - RJ N.° Origem: 98620086190181
PROTOCOLO: 352752010 - 25/05/2010 11:04
AUTOR: MINISTÉRIO PÚBLICO ELEITORAL
INVESTIGADO: MAURO ARAUJO SILVEIRA
ADVOGADO: João Gilberto Araújo Pontes
INVESTIGADO: OSCAR BANDEIRA DO CARMO MAGALHÃES, Prefeito do Município de Iguaba Grande
ADVOGADO: João Gilberto Araújo Pontes
INVESTIGADO: ROBERTO NOVELLINO CARDOZO
ADVOGADO: João Gilberto Araújo Pontes
INVESTIGADO: GILBERTO CONCEIÇÃO CERQUEIRA
ADVOGADO: João Gilberto Araújo Pontes
INVESTIGADO: LUIZ CARLOS BERTRAND AMORIM DA CRUZ
ADVOGADO: João Gilberto Araújo Pontes
ADVOGADO: Luiz Carlos Bertrand Amorim da Cruz
INVESTIGADO: JACQUELINE VILMA NEGRETE HAUSER AMORIM
ADVOGADO: João Gilberto Araújo Pontes
RELATOR(A): JUIZ LU...

E por aí vai...
Aguarde o próximo capítulo...

João disse...

Extraído do blog de Jorge Massa, que parou de postar????

"17/05/2010:
A inconfidência iguabense

Para não ficar de fora da moda dos cataclismos, Iguaba sentiu a terra tremer na primeira quinzena deste mês de maio. Será que estamos com a síndrome do aniversário?
Brasília comemorou assolada de escândalos políticos no Executivo e Legislativo.

Iniciada no município uma investida de poder do Legislativo ao Executivo, uma crise se mostrou no horizonte. Como bom manipulador que é, apesar de não contar a unanimidade entre seus pares, o vereador presidente da Câmara, Edmundo Silveira, alegou uma dor de dente e não foi ao encontro. Esperou a peste com a vacina.

Deixou que os afoitos calouros se lançassem ao campo de batalha... Se obtivessem êxito – remota hipótese –, passada a dor de dente, seria mais do que nunca o líder oposicionista. Se – como aconteceu – encontrassem resistência, assumiria o papel de contemporizador e acalmaria as coisas.

Como toda crise mal explicada, gera boatos; especulações; diz-que-diz; etc. O primeiro grande tsunami iguabense não seria diferente. Nada se pode concluir; só conjeturar.

Num momento inicial, após o entrevero, a vereança se reuniu em plenário para enviar Oscar Magalhães para Antares. O Prefeito foi convidado duas vezes a comparecer à Câmara para explicar-se: dia 11 e dia 13. Na segunda, dia 13 disse, por carta, que não ia! Vida que segue. A sessão teve prosseguimento com algumas homenagens a funcionários da Prefeitura, os indefectíveis e já obsoletos protocolos litúrgicos, e... Ficou nisso.

O legislativo iguabense – é bom que se diga que os comentários populares, pertinentes ao desempenho dos vereadores, não são nada elogiosos –, não tem índices positivos muito altos na opinião da população, e perdeu grande chance de mostrar que estamos enganados. Por sua vez, o Governo da Mudança decepcionou seus eleitores ao aceitar a trégua nesta contenda, que talvez fosse o primeiro grande passo para a moralização na política local.

Boatos à parte, baixada a poeira, ficam algumas demandas em aberto: os vereadores, disseram que foram ao gabinete do Prefeito em busca de explicações para as questões relativas à coleta de lixo e limpeza urbana.

Per’aí! Oito, dos nove, vereadores para cobrar do prefeito solução para um problema? Só temos esse problema?! A Saúde está ótima... A Educação, uma maravilha; o desenvolvimento da cidade vai de vento em popa! Estamos no paraíso...
Só o lixo nos incomoda!

Sendo assim, alguns detalhes deixam margens a infinitas divagações: uma, é o fato do serviço de coleta de lixo – mote da questão – ser um dos serviços mais caros e cobiçados em uma administração municipal; outro é parte do pronunciamento de um dos nossos vereadores: “... Agora vamos fiscalizar todos os atos (da prefeitura) que é o nosso dever...”. Ué! Agora!?!!?

Vamos aguardar e ver do que nossos políticos são capazes. Em que vai acabar esta guerra dos poderes em Iguaba?
Que não sobre para o povo o sentimento de mais um equívoco eleitoral. vamos pedir a Deus que eles ponham suas vaidades, veleidades e ganâncias de lado e exerçam a função para que foram eleitos: trabalhar por uma Iguaba, se não Grande, pelo menos decente."

João disse...

Extraído do Orkut, postagem de um jornalista da cidade, outrora covardemente perseguido, que temeroso pela perseguição e represálias atuais, utiliza-se do pseudônimo de "UGUITOPEDROSO":


"Tem pessoas conclamando a população para comparecer a sessão da câmara terça feira ,17 de agosto , para tomar conhecimento de denúncias que abalarão a estrutura do governo. Afirmam que é coisa de balançar a mangueira para jogar as frutas no chão, com provas irrefutáveis . Afirmam ainda que com a saída do vice prefeito do esquema de Oscar , êle até já tem sonhos ( ou pesadêlos ), se vendo na prefeitura .Com o grupo da futura presidência da câmara coeso, e unido ao atual presidente o placar é 6 a 3 . Dá para qualquer maioria . Vantoil, Alexandre e Edésio Canelas podem ficar sentadinhos , só assistindo o desenrolar da novela . Pelo sim pelo não , vou dar um pulo lá . Como dizia um antigo colunista social . o Ibraim Sued , depois eu conto ... "

Alexandre disse...

Não me admira nada a foto da matéria ser do site bigpop, que fez campanha pro governo do Oscar Magalhães, inclusive o dono do tal site, o Franklin, ganhou pelo "apoio" duas portarias só na prefeitura de Iguaba, uma pra mulher e outra pro filho. Esta é a imprensa "livre" da cidade!!! Por quanto será que compraram o site iguabanossa também??? Vergonha pura... Deixa explodir o rombo da saúde, mas também tem o esquema da compra de combustível pra frota da prefeitura, compra de votos durante a campanha eleitoral, esquema pros alvarás, esquema pra cortar árvore,xiiiiiiiiiii... é melhor parar por aí, deixa o pau quebrar amanhã na câmara, também vou lá ver... E cadê o aumento dos funcionários públicos que foi prometido desde o ano passado? Cadê que a taxa de iluminação pública ia acabar? Putz, e esse foi nosso voto de protesto???
GOVERNO NOVO TEMPO??? Prefiria os velhos tempos...

João disse...

Extraído do site iguabagrande.com:

"Presenciamos no dia 09/09 passado, mais um fato lamentável (que acreditamos ser isolado) depreciativo aos homens e agentes públicos de nossa Iguaba Grande. O Sr. Paulo Sérgio, Secretário Municipal de Meio Ambiente, destratou verbalmente (com palavras de baixo calão e utilizando-se de palavreado vulgar irreproduzível aqui) a nossa querida amiga e vizinha, senhora Maria Célia, moradora há mais de 22 anos do bairro Canelas City, e tudo se deu novamente por motivo da recusa do referido Secretário em providenciar o corte de uma amendoeira localizada no terreno da referida senhora, pois o mesmo lhe havia cobrado a "taxa"?! de 120 reais para realizar a retirada do vegetal de sua residência, ao qual gostaríamos de saber e questionar em qual legislação ambiental ou mesmo municipal o mesmo se ampara a fim de exigir tal "acerto" pecuniário pelos cortes de vegetais em terreno particular. Não é a primeira vez que o tal secretário agride ve rbalmente mulheres e idosos de nossa cidade e gostaríamos de perguntar ao nosso Ilustre Prefeito até quando deveremos suportar tal disparate? O mesmo servidor ainda afirmou que, por não haver área municipal apropriada para a colocação de entulhos em Iguaba Grande, o mesmo estava levando toda a madeira de árvores que eram cortadas na cidade para (pasmem!) a propriedade particular do Sr. Prefeito?!?!?! Seria verdade isto? Se é, configura-se em ato de suma gravidade e do âmbito do Ministério Público de Iguaba Grande. Aguardamos uma justificação do Sr. Oscar, nosso Prefeito eleito, para que, como cidadãos iguabenses e contribuintes, possamos enfim respirar aliviados ao final das contas. Muito obrigado. - Marcos Boaventura."

João disse...

"27/09/2010 - Iguaba Grande recebeu em 2010, até o momento, R$ 9.899.079,46, só do governo Federal, sem contar os repasses do Governo do Estado e a arrecadação municipal (IPTU, ISS, Emolumentos,etc). Está no Portal da Transparência dos Recursos Publicos do Governo Federal (qualquer cidadão pode acessar). A maioria dos recursos foi para SAÚDE, EDUCAÇÂO E URBANISMO, nesta ordem. Aí perguntamos, onde está o dinheiro? Em que foi aplicado? Alguém pode responder?

Vejam como andam os Postos de Saúde, as ruas esburacadas e sem asfalto, a falta de saneamento básico... Sem comentários. - Alfredo D' Angelo"

Retirado do site iguabagrande.com e foi "excluído" do site iguabanossa.com que, infelizmente agora, é "chapa branca" da propaganda institucional do governo municipal. Viva a mídia "sem vínculos do Brasil"!!!

joao gilberto disse...

vc misturou tudo vou esclarecer

o processo relacionado como de desfiliação é um o de falsidade é outro

o desfiliação aconteceu assim

o Oscar pediu ao ex-advogado dele e na epoca procurador pra achar um meio de se desfiliar pq o Nilson estava aporrinahdo e criticando - o advogado disse que um fator que permitia desfiliação era alegar perseguição politica no partido (verdade) ai fizeram um primeiro documento ao juiz comunicando o que tava ocorrendo e dizendo que se continuasse a pressão de Nilson ele se desfiliaria diante da perseguição - Nilson continuou aporrinhando (queria ser secretário de obras - DOIDO!) ao Oscar pediu pro advogado preparar o documento achando que era assim direto - mas voltou atras - e por pressão do Filho de Iná e do Procurador Geral se desentendeu com o seu advogado e demitiu ele do cargo da prefeitura e de seu advogado - ele pegou e aapresentou tudos documentos pendentes e sua renuncia junto - na leva foi a renuncia ao partido - enfim oscar tava em uma esquina ou ia em frete e peitava a sua decisão e recuava - como é cagão recuou e negou que tenha feito o documento etc.

joao gilberto disse...

vc misturou tudo vou esclarecer

o processo relacionado como de desfiliação é um o de falsidade é outro

o desfiliação aconteceu assim

o Oscar pediu ao ex-advogado dele e na epoca procurador pra achar um meio de se desfiliar pq o Nilson estava aporrinahdo e criticando - o advogado disse que um fator que permitia desfiliação era alegar perseguição politica no partido (verdade) ai fizeram um primeiro documento ao juiz comunicando o que tava ocorrendo e dizendo que se continuasse a pressão de Nilson ele se desfiliaria diante da perseguição - Nilson continuou aporrinhando (queria ser secretário de obras - DOIDO!) ao Oscar pediu pro advogado preparar o documento achando que era assim direto - mas voltou atras - e por pressão do Filho de Iná e do Procurador Geral se desentendeu com o seu advogado e demitiu ele do cargo da prefeitura e de seu advogado - ele pegou e aapresentou tudos documentos pendentes e sua renuncia junto - na leva foi a renuncia ao partido - enfim oscar tava em uma esquina ou ia em frete e peitava a sua decisão e recuava - como é cagão recuou e negou que tenha feito o documento etc.

joao gilberto disse...

e a assinatura quem esclarece sou eu
os lisados acima foram detidos pela juiza de IG no dia da eleição o advogado fez a defesa e pediu pra SR OSCAR colher assianturars na procuraçã e defesa - devolveram pra ele tudo assinado - e assim segui o processo - no meio do caminho Nilson se desentendeu com OSCAR e oscar mandou não defender mais o LUIZ CARLOS BERTRAND AMORIM DA CRUZ que é desembargador aposentado e era indicado por nilson pra ser o Procurador geral - um dia depois de mais de 2 anso o advogado defendendo todos memso contra ordem de OSCAR, marcaram audiencia e avisou a OSCAR e este disse não avise o Desembargador , ele não concordou e avisou por recado enviado a Rony da audiencia e que Oscar mandou não avisar o que ia prejudicar o Desembargador, ai o DES. LUIZ CARLOS BERTRAND AMORIM DA CRUZ
ficou p da vida e disse que ia fu.. oscar e foi ao TRE e disse que sua assinatura era falsa na procuração ( durante mais d e 1 ano ele viu e nunca alegou isto)e moveu um processo - o advogado foi comunicado e de pronto renunciou no processo e disse que a partir daquela data diante da alegação do desembargador que colheria procuração pra cada ato de cad a um que fosse defender, mas en seguida se desentendeu com oscar por não concordar com estas coisas que ele faz - é demitido - e sai do processo - que faz Oscar pra se defender - empura a conta nele dizendo que foi o advogado que falsificou tudo quando foi alguem ligado a eles - só que ele se esquece que tambem falsificou a sua declaração de escolaridade e alfabetizaçaão feita no TRE que foi feita ou por seu genro ou por sua nora ou mesmo Por Rony - por el que não foi - o advogado deve pedir oa Dr. Dinei pra oficiar o TRE de IG pra fornecer a copia e comprovar que Oscar usa deste expediente comummente e se conseguir provar que um dos 3 acima que fizeram a falsificação e ela bate com a procuração acho que o volume de mer... faz até OScar cair ou seja quem viver verá